Novembro 2023 – Edital Bolsa Funarte Aliança Francesa em Artes Cênicas Brasil França/2022  – Programa Cruzamentos –  Rio de Janeiro

O projeto de residência “Potencialidades Digitais – intercâmbio Brasil-França sobre mulheres e poéticas tecnológicas” tem como proposta realizar uma cooperação entre Brasil e França a partir da articulação entre “narrativas do ser mulher” e “poética digital”. O eixo conceitual “narrativas do ser mulher” busca refletir sobre os cruzamentos, convergências e divergências das problemáticas e conquistas das mulheres brasileiras e francesas. O eixo conceitual da poética digital visa a explorar novas possibilidades, como a intensificação de ambientes interativos e a criação de novos espaços com realidade aumentada. O projeto é liderado pela artista brasileira Ivani Santana e pelos artistas franceses Cyril Hernandez e Caroline Boudouin, da companhia La Truc. 

 

A primeira parte da residência no Rio foi dedicada ao desenvolvimento do projeto artístico “As histórias de @evamariageni”, já existente na versão cênica no Brasil, para expandi-lo na forma de uma instalação interativa. A presença de artistas franceses no Brasil estimulou o intercâmbio e a cocriação, com propostas artísticas sonoras, corporais e coreográficas.

 

“As histórias de @evamariageni” é um espetáculo que propõe um entrelaçamento entre “corpas”, movimentos, imagens e sonoridades através das poéticas tecnológicas digitais. Inspiradas no livro “O Perigo De Uma História Única” (2018), da escritora nigeriana Chimamanda Ngozi Adichie, a obra aborda os mitos de Eva, os imaginários sobre Maria, as perspectivas da personagem Geni na música de Chico Buarque, assim como os paradoxos que se desdobram a partir dessas concepções. Convoca um olhar atento sobre as questões contemporâneas do “ser mulher”, dos seus limiares, seus conflitos, seus anseios. Expõe diversas narrativas feministas e suas lutas num mundo ainda desigual.

A direção e concepção é da bailarina e pesquisadora em dança Ivani Santana. A direção da trilha sonora é de Cyril Hernandez. São três artistas co-criadoras brasileiras em cena –  Ágatha Oliveira, Aline Bernardi e Lígia Tourinho, assim como a artista francesa Caroline Baudouin como co-criadora e bailarina em cena. A equipe de desenvolvimento tecnológico é formada por Arthur Murtinho e Luiz Felipe Ribeiro (TouchDesigner), Esteban Clua e João Pedro Sá Silva para a criação da realidade aumentada, e Diego Mac para a animação 3D.

 

Caroline Baudouin e Cyril Hernandez apresentaram também a performance “Jeux de Lignes” no terraço da Aliança Francesa do Rio de Janeiro, uma criação musical e coreográfica in situ da companhia La Truc.

Para Além da Villa Tijuca

Entre fevereiro e março de 2024, Cyril Hernandez, Caroline Baudoin, Ivani Santana e Aline Bernardi continuarão suas pesquisas em residência por um mês no Chaillot – Théâtre national de la Danse, em Paris. Serão realizados trabalhos audiovisuais e de realidade aumentada para envolver mulheres artistas em videodança e videoperformance.


Este projeto se beneficiou do primeiro programa de residência da Villa Tijuca, “Cruzamentos – Croisements”, uma iniciativa de Chaillot – Théâtre national de la Danse (Paris, França), MC2 – Maison de la Culture de Grenoble, scène nationale (Grenoble, França), das Alianças Francesas no Brasil em parceria com a Frunarte, no âmbito do programa “La Fabrique des Résidences” do Institut Français, dedicado às “artes cênicas”, e com apoio da Embaixada da França no Brasil.

PARCEIROS

Saiba mais sobre a residência
POTENCIALIDADES DIGITAIS